• Legal Bot

VOCÊ SABIA QUE A LEGALBOT JÁ LEVOU SUA TECNOLOGIA PARA O JAPÃO?

Atualizado: 28 de jan.

VOCÊ SABIA QUE A LEGALBOT JÁ LEVOU SUA TECNOLOGIA PARA O JAPÃO?



A Legalbot foi a finalista brasileira do Open Innovation Business Contest, competição global que incentivou a inovação empresarial e foi promovida pela Everis e pela NTT Data, um dos principais fornecedores mundiais de serviços e inovação na área de TI.


Os projetos apresentados tinham foco em realidade virtual, aumentada e mista, Internet das Coisas (IoT) e inteligência artificial. Eles foram avaliados por um corpo de jurados e renomados profissionais do setor de tecnologia.


Diante de um cenário onde a regulação era e ainda é um problema global, que impacta diretamente a competitividade das empresas e dos países, a Legalbot foi para a competição com a missão de democratizar o acesso à inteligência regulatória, através de soluções para os profissionais de governança, gestão de riscos e compliance na gestão completa do fluxo do compliance regulatório.


E foi com este objetivo que fomos concorrer à final em Tóquio, no Japão, com outros nove projetos selecionados nas cidades de São Francisco, Londres, Tel Aviv, Tóquio, Toronto, Madri, Barcelona, Cingapura e Pequim, no ano de 2017.


Hoje, o Japão é pioneiro nas iniciativas de inovação para a sociedade, como podemos ver com o avanço da Sociedade 5.0, no qual o governo japonês pretende criar estratégias e conexões capazes de trazer Insights em tempo real sobre a situação de vários setores do país, através da utilização de Big Data e Internet das Coisas (IoT). Os dados coletados serão convertidos em um novo tipo de Inteligência Artificial, que irá tornar possível atingir todos os espectros da sociedade japonesa, evitando, desta forma, a falta de recursos e o desperdício de tempo e dinheiro para resolução de questões do dia a dia da população.


Quando falamos de inovação em regulação na realidade de 2022, à medida que a tecnologia avança, surgem novos mercados que são mais complexos de serem encaixados nas regras e políticas existentes, e dado que é muito mais difícil mudar a regulamentação do que criá-la, a complexidade da conformidade aumenta com o tempo.


Surge então, a tecnologia Machine Readable Regulation, para resolver este problema. Através da codificação da regulamentação, sistemas técnicos podem gerenciar a conformidade de forma automatizada, ao invés de gastar inúmeros recursos com outras formas mais onerosas e trabalhosas para interpretar a regulação. Isso possibilita que pessoas leigas em regulamentação consigam garantir a eficácia da conformidade do seu negócio, diminuindo as barreiras para a inovação.


#regtech #machinereadable #sociedade5.0 #digitaltransformation


Fontes: FintechCircle, AAA Inovação.


15 visualizações0 comentário